24
Oct

Aproximamo-nos do estúdio de arquitectura Paul de Ruiter Architects para mostrar um excelente exemplo de uma vivenda unifamiliar sustentável. Este estudio holandés acaba de projectar e construir a Villa K na Alemanha. Um serviço que, acima de tudo, procurava um resultado discreto e integrado no ambiente natural.

E foi este o resultado: um limpo e transparente corpo paralelipipedo orientado a sul, cuidadosamente colocado sobre a ladeira e que permite assumir, sob a sua grande plataforma, um corpo perpendicular a ele, que aloja a piscina. Por detrás, outro corpo se une à própria ladeira e contém,  de forma mais fechada, as instalações, um armazém e uma ampla garagem com espaço para seis carros.

Os materiais foram cuidadosamente escolhidos. O vidro do volume principal ajuda a fazer desaparecer o corpo ao redor,  pois reflete o céu e a floresta à vista de todos. Além de servir para eliminar a sensação de volume construído, permite umas vistas incríveis sobre o vale, tanto desde o interior como desde o miradouro que percorre de este a oeste toda a vivenda. Este grande terraço é interrompido a meio por um pátio parcialmente coberto, que atravessa a villa de norte a sul e que marca o acesso e a conexão entre a vivenda e os espaços de serviço sob a ladeira.

Este eixo perpendicular à montanha separa o espaço interior funcionalmente e formalmente gera uma potente chamada de atenção sobre a piscina. Incluindo um subtil gesto, que se produz ao elevar a parte do terraço sobre a piscina, permite utilizá-la desde o coração da casa até ao seu extremo mais afastado. Perfeitamente integrado com a paisagem, a villa está posicionada climatericamente de forma eficiente. Paralela à ladeira na sua parte acristalada e sob ela na sua parte auxiliar. A face sul do vidro recebe muita luz natural e radiação solar, enquanto que a parte subterrânea contém o frio.

Um permutador de calor implementado na villa armazena e gere o conforto da casa. O sistema está conectado a um tecto refrigerante e a um sistema de aquecimento por piso radiante, que garante uma temperatura muito confortável em todos os dias do ano. Um sistema informático monitorizado orienta ambos os sistemas.

Fotografías: © Pieters Kers & Patrick Voigt