18
Dec

O tempo extremamente frio, juntamente com a tensão superficial na água congelada podem prejudicar as piscinas, estalando as paredes e desencadear danos irreparáveis nos tubos. Para prevenir isso, as acções devem ser tomadas antes das primeiras geadas, mas também não há motivo para se preocupar, pois estamos aqui para o ajudar a lutar contra o frio a tempo e horas!

1.Use o quebra-gelo flutuante

Os quebra-gelo são colocados diagonalmente numa piscina e permanecem suspensos na água para evitar que geadas e gelo se formem. Os quebra-gelo flutuantes foram projectados especificamente para absorver o aumento do volume de água, diminuir o excesso de pressão de modo a evitar possíveis fissuras nas piscinas. Os quebra-gelos têm furos de modo a que sejam amarrados e se encaixem num tamanho específico de piscina.

2. Não se esqueça de proteger a sua piscina com uma coberura de inverno!

Juntamente com o quebra-gelo flutuante, as coberturas de inverno mantêm o calor durante o dia, interrompem a proliferação de microorganismos, impedem que os detritos entrem numa piscina e servem de barreira de segurança enquanto a piscina não está a ser utilizada.

The Cool Pool

3. Muda a água

Para suportar as primeiras geadas, ou áreas onde o Inverno é mais leve, também vale a pena desligar a bomba de água para que a água se mova e quebre as folhas de gelo, que possam ter sido formadas. No entanto, durante um inverno difícil recomenda-se manter a água imóvel, esvaziar todos os canais de água para evitar que estalem e protejam a bomba e o filtro cobrindo-os com um material isolador.
Seguindo este passos básico e verificando o estado da água da piscina a cada três semanas, o congelamento será evitado e tudo o resta é esperar com calma até que as temperaturas aumentem para iniciar a época balnear novamente.